Gerenciamento de Conflitos no Atendimento ao Cliente

Saber gerenciar os conflitos em um atendimento é de fundamental importância, saiba como lidar com isso para reverter a situação ao seu favor

Saber gerenciar os conflitos em um atendimento é de fundamental importância, saiba como lidar com isso para reverter a situação ao seu favor, o 1º PASSO – GANHAR CONFIANÇA DO CLIENTE: Para gerar confiança na organização esse atendimento ou primeiro contato com o cliente é necessário que seja relevante, surpreendente e que atenda as expectativas dos mesmos. Lembre-se saiba falar a linguagem do cliente, independente do nível de instrução do mesmo. 2º PASSO – SABER O QUE MOTIVA O CLIENTE: Conheça as necessidades do cliente, para isso não é preciso só conhecer os atributos do produto, mais sim a real necessidade dos clientes, saiba ouvi-los com atenção. É importante você concluir com isso que precisa aumentar suas habilidades sejam elas intelectuais ou técnicas treinar como falar, ouvir, melhorar sua apresentação, aumentar o número de contatos atentando para a qualidade, conversar com pessoas que possam te trazer informações relevantes, atualidades dentre outras coisas que possam melhorar seu nível intelectual. 3º PASSO – DESENVOLVER A FLEXIBILIDADE PARA LIDAR COM OBJEÇÕES E CONFLITOS: Planeje sempre o que vai falar, esteja sempre preparado, tenha mais de uma opção para oferecer e seja flexível no momento certo, cuidado com a ansiedade em uma negociação você precisa passar confiança porem esteja pronto para receber um “não”, seja ético, tenha valores, lembre-se que negociar exige perguntas, coloque a outra pessoa para trabalhar quem faz as perguntas esta sempre no controle, ouça sempre com muita atenção, controle seus sentimentos pratique a tolerância e a arte da compreensão pois ninguém faz uma boa negociação insultando o outro e lembra-se de que as pessoas têm ego, a maior necessidade do ser humano é ser atendido use isso ao seu favor! Agora pense e responda:

fonte: https://administradores.com.br/artigos/gerenciamento-de-conflitos-no-atendimento-ao-cliente